Oito dicas para economizar dinheiro
Voltar para o blog

Oito dicas para economizar dinheiro

Todos nós queremos economizar dinheiro, seja para comprar um imóvel novo ou até mesmo mudar-se para um bairro melhor, todavia convenhamos que esta não seja uma tarefa muito simples, né?

Seguidamente nossos corretores se deparam com situações onde não foi possível realizar o sonho de um cliente que quer comprar um apartamento novo ou adquirir um terreno para construir, devido a não aprovação de um crédito imobiliário ou a falta de “fôlego” financeiro para suprir as parcelas do financiamento. E até mesmo em aluguéis, quando o fechamento da locação esbarra em uma restrição de crédito.

Mesmo assim, não desistimos do sonho de nenhum cliente nosso, procuramos sempre dar algumas dicas básicas de como economizar e poupar um dinheirinho. Por isso, reunimos aqui neste post, oito dicas matadoras para economizar dinheiro e alcançar os seus objetivos, sejam eles quais forem.

 

1. Elimine sua dívida

Se você está tentando economizar dinheiro, mas ainda possui uma dívida muito grande, comece eliminando ela. Uma opção é a troca de sua dívida por uma mais barata, por exemplo, você está endividado com os juros do rotativo do cartão de crédito ou com cheque especial do seu banco, essas modalidades de crédito possuem uma das maiores taxas de juros do mercado. Nessa situação, é recomendável optar por uma linha de crédito pessoal, quitar as dívidas do cheque especial e cartão de crédito e ir pagando de forma mais suave o seu empréstimo. Dessa forma, troca-se uma dívida com juros altíssimos por outra com juros “mais em conta”.

Essa substituição influencia muito no pagamento de juros mensais e, consequentemente, dá um fôlego maior a suas contas do mês, permitindo é claro, a possibilidade de poupar um pouco mais.

 

2. Defina suas metas de economia

Uma das melhores maneiras de economizar dinheiro é planejar o quanto você quer economizar e porque. Por exemplo, você quer comprar um automóvel 0 Km, em Janeiro do próximo ano, pagando 10% de entrada, este passa a ser o seu indicador norteador para alcançar este objetivo.

 

3. Poupe dinheiro

Tome como hábito depositar em sua conta corrente ou conta poupança, uma quantia percentual dos seus rendimentos mensais ou até mesmo um valor fixo. Comece com pequenos valores, por exemplo, R$ 100 ou 5% de seu salário, defina a melhor forma de “se pagar”. Todavia você deve ser extremamente fiel com a quantia que comprometeu-se reservar para poupar.

 

4. Organize seus gastos fixos e variáveis

Após começar a usar um bom, o próximo passo que você deverá levar em consideração para uma efetiva economia de dinheiro é:

Garantir que o valor necessário para arcar com as despesas fixas e variáveis do mês seja menor do que os seus rendimentos mensais. Se utilize de planilhas ou aplicativos de gestão financeira, é imprescindível para o seu plano de economia de dinheiro ter o controle de sua situação financeira.

A regra de ouro para o controle financeiro é o equilíbrio entre rendimentos e despesas. Ou seja, a soma de todos os seus gastos mensais NÃO PODE em hipótese alguma ser superior ao valor de todos os seus rendimentos do mês.

Lembre-se: é primordial saber pra onde vai cada centavo do seu do seu dinheiro.

 

5. Gaste para economizar

Procrastinar reparos de baixo custo, como aquele vazamento de água banheiro, utilizar lâmpadas e aparelhos eletrônicos com consumo alto de energia ou até mesmo não levar o seu carro no mecânico para saber o motivo do consumo elevado de combustível, podem ser estes alguns dos vilões ocultos de seu orçamento.

A dica aqui é simples e básica, gaste para economizar.

6. Corte gastos dispensáveis

Sim, você terá que fazer este sacrifício. Faça uma lista com seus gastos em ordem de prioridade e corte-os, não tenha pena, são despesas desnecessárias. Gastos com a faculdade, curso de inglês ou plano de saúde, por exemplo, considere como um investimento. Logo, não devem ser dispensados, no entanto as idas frequentes a cinemas, pizzarias ou pedidos em aplicativos/fast foods durante a semana podem ser diminuídos, corte também gastos com assinaturas de serviços de pay-per-view e stream , como Premiere e Netflix. Acredite estes gastos, pra quem quer economizar dinheiro, representam um prejuízo considerável no final do mês.

Considere também, utilizar meios de transporte mais baratos, se possível. Por exemplo, se você gasta muito com combustível ou com motoristas de aplicativo e o seu trabalho fica a menos de 5km de sua casa, considere ir de bicicleta ou até mesmo usar o transporte público. Você perderá um pouco em conforto, mas ganhará muito em economia no final do mês.

 

7. Comece a usar uma ferramenta de gestão financeira

Controle as entradas e saídas de dinheiro de maneira prática, utilize um aplicativo ou um software para computador e gerencie sua vida financeira.

Essas ferramentas lhe ajudarão a acompanhar as despesas mensais, descobrir quais são os seus maiores gastos e ter o embasamento necessário para evitar despesas desnecessárias.

Alguns aplicativos para gerenciamento são extremamente inteligentes e eficientes, onde alguns app geram alerta quando o seu consumo pode colocar em risco sua saúde financeira.

Contudo, normalmente não é possível registrar os dados nelas em tempo real e algumas informações acabam sendo esquecidas.

Isso costuma levar à frustração ou sensação de que você não está conseguindo saber para onde o dinheiro realmente vai.

Por esse motivo, o instrumento mais indicado para controlar as finanças pessoais e começar a juntar dinheiro de verdade é o aplicativo de gestão financeira para smartphones.

 

8. Aprenda a dizer não, policie-se

A dica matadora para atingir os seus objetivos de economia, diga não e policie-se. A mudança aqui é de comportamento, uma vez que uma das maiores dificuldades de quem está em processo de economia é a de dizer não para aquela promoçãozinha camarada ou negar um empréstimo de R$ 200 aquele seu melhor amigo que se enrolou com o cheque especial.

Por mais que seja duro ter que fazer isso, lembre-se, você se comprometeu com seus objetivos de economia, então se policie todos os dias contra essa vontade de gastar e comprar por impulso. Claro, haverá exceções como, por exemplo, emprestar dinheiro por algum motivo de saúde ou de extrema necessidade. No entanto, nesses casos priorize a prudência e sensatez.

Outros posts

  1. Quanto custa alugar um apartamento em Pelotas

    Quanto custa alugar um apartamento em Pelotas

    Quanta custa alugar um apartamento na cidade de Pelotas?   Escolher um imóvel para alugar é, sem dúvida, uma das decisões mais importante da sua vida. Pesquisar muito e contar com a ajuda de especia...

  2. Por que o Central Park é uma ótima opção para morar em Rio Grande?

    Por que o Central Park é uma ótima opção para morar em Rio Grande?

                  O Central Park é um bairro planejado de Rio Grande-RS, idealizado para ser a melhor opção para construir e morar na cid...

  3. Mateada no Residencial Moradas Pelotas

    Mateada no Residencial Moradas Pelotas

    No último sábado (08), aconteceu no condomínio residencial Moradas Pelotas, a Mateada de apresentação de idéias da nova gestão.O evento contou com a exposição de grupos de artesanato, aula de Zumba, b...

Este site utiliza cookies para entregar uma melhor experiência durante a navegação.